Brincalelê! Como fazer um almanaque poético das férias?

Brincalelê! Nossa família inventadeira de histórias. Histórias que viram brincadeiras, brincadeiras que viram histórias, com dicas de Penélope Martins.

Brincalelê! Como fazer um almanaque poético das férias?

Você sabe o que é um almanaque? Curiosidades, indicações de utilidades, coleção de antiguidades e novidades fresquinhas, tudo isso cabe no almanaque. 

Os almanaques têm a forma de revistas ou livros para levar a comunicação de uma forma direta e simples, por isso, foram utilizados durante longos períodos, nas cidades e no campo, como meio de informação da população.

Além disso, são objetos de coleções com valor histórico e cultural. A palavra tem origem no árabe, al-manākh, tradicionalmente tratados como publicação anual, originalmente, para organizar por datas os eventos importantes e periódicos. 

Agora é sua vez!

Que tal juntar a turma para fazer um almanaque poético de uma das partes mais divertidas do ano, as férias? Vamos nessa!

Primeiro passo:

Proponha para a família a tarefa de fazer uma lista das coisas que gostam de fazer no período de férias, como brincadeiras, lugares e atividades em viagens, comidinhas deliciosas, músicas favoritas e livros que combinam muito bem com praia, montanha, rede, sofá.

Essa lista poderá ser completada ao longo das férias, assim como as ilustrações e os textos que ajudarão a compor o almanaque de férias da família.

Segundo passo:

Depois de completar a lista, separe material de desenho para ilustrar cada um dos itens. Utilize pedaços de papel cortados do mesmo tamanho para as artes, por exemplo, quadrados de dez por dez centímetros. 

As ilustrações podem ser feitas com desenho, pintura, colagem ou com tudo isso misturado. 

Não se esqueça de colocar as ilustrações identificadas com a ação correspondente para ajudar na organização do futuro almanaque. Fotografias da família também podem entrar no projeto e ficarão super divertidas combinadas com os desenhos e as anotações.

Terceiro passo:

Pesquise junto com os demais conteúdos interessantes para escrever sobre as ilustrações. Curiosidades sobre lugares, memórias de visitas realizadas, receitinhas de família, trechos de canções e poesias, cabe todo tipo de informação no almanaque de férias. 

O importante é fazer a escrita com simplicidade, de uma maneira que todos compreendam, adultos e crianças. Mas, tenha calma, o bom é fazer um pouquinho por dia para a brincadeira durar bastante tempo!

Quarto passo: 

Quando o material estiver pronto, junte cada texto e sua respectiva ilustração em uma única folha de papel, numerando as folhas com a sequência desejada. Utilize os dois lados do papel para completar com conteúdo, igualzinho ao formato de um livro. 

Depois é só grampear tudo e preparar uma capa lindona!

Quinto passo: 

Para a capa, utilize cartolina, papel cartão ou papelão reciclado de embalagens de produtos grandes como caixas abertas de cereal. 

Lembre-se de ilustrar a capa, dar o nome ao almanaque e colocar o nome dos autores. A família também pode incluir o nome inventado de sua própria editora.

Troféu figurinha premiada!

Todos juntos poderão reler o almanaque das férias junto com outros almanaques encontrados nas estantes das bibliotecas e livrarias. Será que vocês conhecem algum almanaque para indicar?

Dica de leitura Brincalelê! 

O livro Almanaque do Alfabeto Poético, de Jonas Ribeiro, reúne poemas organizados pelas letras do alfabeto com os mais diversos tipos de assunto. 

De extraterrestre à espinafre, cultura holandesa, hindu ou húngara, do Pará ao Paraná com pé ante pé ou pé de vento, coube verso até sobre o zagueiro Zaqueu na beleza do Zimbábue.

Divirta-se! E muito! 

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários

Deixe uma Resposta

XHTML: Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

CONTINUE LENDO


Crianças Jovens

A importância de barrar estereótipos que distorcem a primeira impressão

A nossa percepção de mundo é formada por conclusões de situações que já vivemos, aprendemos e repetimos a cada novo...
Leia mais
Autores Crianças

Telma Guimarães: autora infantil há 35 anos encanta com suas histórias 

Telma Guimarães, que foi uma criança extrovertida e inundava as aulas de Português e Desenho com sua imaginação e criatividade...
Leia mais
Crianças

A importância do pai no desenvolvimento infantil: benefícios de criar conexão

A dádiva de ser pai é poder participar do desenvolvimento de uma criança desde a sua formação na gestação até...
Leia mais
Atividades

Pega a visão! Exploradores do mundo e o fantástico viajante da vida cotidiana

Pega a visão! Lendo o mundo nas entrelinhas. Se liga que o presente é coisa do passado! Um monte de...
Leia mais
1 2 3 27