Se você está aqui no Livríssimo, das duas uma: ou já é um leitor assíduo das nossas dicas de leitura ou buscava um canal para promover, aproximar e instigar sua relação com seus filhos por meio da literatura. No caso da segunda opção, saiba que chegou ao lugar certo.

Ler é o melhor dos remédios e a gente se prescreve como cura para tudo por aqui!

Qual a missão do Livríssimo?

Como o Livríssimo é um portal de literatura, essa é fácil, mas para esclarecer, vamos voltar um pouco.

Você já ouviu falar da bibliofilia e bibliófilo? Diz respeito ao amor por livros, especialmente os raros. Os termos costumam ser usados para se referir às pessoas que gostam de ler, mas na interpretação precisa, são mais específicos: alguém que ama livros, ama como eles parecem, cheiram, suas texturas e afins.

A maioria dos bibliófilos são grandes leitores porque amam as narrativas contidas nas obras que leem. Mas, também valorizam os livros como objetos fascinantes, com suas próprias histórias para contar. Para alguns, esse nível de amor por livros é completamente natural e foi construído sem grandes dificuldades desde a infância. Para outros, pode ser um pouco mais complicado imaginar ter um bloco de papel como a coisa mais empolgante do seu dia. 

Segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, o brasileiro lê, em média, cinco livros por ano, sendo aproximadamente três livros lidos em parte e dois inteiros. Criar e manter um hábito de leitura deveria ser uma meta social pela melhoria individual e coletiva dos cidadãos do país.

Não se trata de qualquer leiturinha

Pesquisas mostram que ler por prazer pode promover a saúde, o bem-estar, a construção de conexões sociais, a criatividade, o desenvolvimento cognitivo, o pensamento crítico. A lista de benefícios é gigantesca. Jovens que optam por ler fora da escola têm maior probabilidade de conseguir empregos melhores e crianças que lêem com frequência obtêm melhores resultados em Matemática, vocabulário e ortografia do que aquelas que lêem com menor regularidade.

Amar os livros e estar rodeado de quem também os ama, é uma das sementinhas para um mundo melhor. É uma missão complexa que deve respeitar os gostos das crianças e jovens, mas que vale ser tomada para si como responsável de uma criança ou adolescente. É por isso que o Livríssimo foi criado.

Como portal de literatura, sobre livros e amar os livros, sobre crescer ao lado de quem também ama e te incentiva, o próprio nome já é especial. Tanto por remeter aos livros, como por ser o superlativo da palavra livre. Conhecimento liberta, forma e engrandece. Então, o Livríssimo é sim sobre livros, leitores e futuros leitores apaixonados, mas é também sobre a liberdade de formar gerações melhores.