Leia histórias para crianças e use os livros para incentivar conversas importantes

Como você tem conversas profundas com seus filhos? Como inicia o papo sobre assuntos sérios e ensina sobre igualdade, equidade, representatividade e outros temas importantes? Todos nós queremos ajudar nossos filhos a serem felizes e bem-sucedidos, mas também boas pessoas, empáticas ao mundo ao seu redor. Certas histórias para crianças, além de divertirem, são as ferramentas que você precisa para te ajudar nessa jornada.

LEIA TAMBÉM: 5 livros que falam sobre racismo para pensar a questão com as crianças e adolescentes.

Use a rotina de ler histórias para crianças na hora de dormir a seu favor

Às vezes, é difícil para as crianças verbalizarem sentimentos, emoções e até mesmo situações complexas vivenciadas. É difícil até para os adultos, é nesse momento que precisamos fazer o exercício de pensar em qual a função da literatura. Em vez de ir direto ao ponto, com o apoio da leitura podemos falar sobre os assuntos considerados difíceis, porém, dentro de contextos trazidos pelas narrativas que envolvem os personagens. 

Sabe quando os filósofos e grandes pensadores explicam seus conceitos por meio de metáforas em histórias e fábulas? É isso que ler histórias para crianças faz: cria momentos íntimos de família e ensina bons valores inseridos nas histórias fictícias.

A hora de dormir pode ser sagrada a partir de agora. Este é um tempo em que a mente da criança vai aquietando e ela passa a ouvir com atenção. Portanto, leiam juntos uma seção antes do sono e conversem sobre os pontos mostrados na história. Nesse sentido, é importante ter uma cultura em que você e seus filhos compartilhem o que estão lendo. É ótimo conversar sobre livros com seus filhos. É um trampolim para falar sobre quase tudo. Então dê uma chance. Seus filhos vão aprender com as histórias, é assim que estamos programados. Tudo só depende de uma boa curadoria de livros, que abordem as conversas que vocês gostariam de ter em família.

Mas quais livros ensinam? 

O Livríssimo preparou uma listinha especial voltada tanto para o público infantil, quanto para o infantojuvenil e que levarão o debate sobre representatividade e igualdade para sua casa.

Começando por Frederico, Frederico… Neste livro, Simone Mota conta a história de um garoto esperto e teimoso que consegue enxergar o mundo de uma forma especial. Para o protagonista, este globo que chamamos de Terra não é feito de obstáculos, mas de oportunidades. Esse é o tipo de histórias para crianças que promove uma verdadeira reflexão sobre identidade, negritude, racismo e empoderamento.

Falando em empoderamento, Que cabelo é esse, Bela? traz a discussão sobre a aceitação para ser debatida com as crianças. Também escrito por Simone Mota e publicado pela Editora do Brasil, o foco da obra é Bela, que junto de seus amigos adorava brincar com a água que caía do céu, principalmente depois de descobrirem que o cabelo dela brilhava. Era um poder mágico que só ela tinha, só que algumas pessoas zombaram, e Bela acabou se entristecendo. Por que não podia ser quem era?

Pensando nos jovens, a dica é Três dias e mais alguns, de Caio Riter. Com um enredo inteligente, esse livro aborda os conflitos vividos pelo adolescente Matias, suas preocupações e reflexões acerca do que se passa em sua família e em seu meio social. Fã da saga Star Wars, ele mora com a mãe e os dois irmãos em uma comunidade carente de Porto Alegre e emociona seus leitores com sua forma de ver a vida, de lutar contra injustiças, de ser e estar no mundo. Um livro para emocionar e fazer amar a boa literatura.

Os livros formam caráter! 

Todo mundo gosta de ser tratado com carinho e respeito, não é mesmo? A Declaração dos Direitos Humanos foi criada justamente para garantir que tudo isso seja cumprido. O problema é que, alguns seres humanos se esqueceram o que é ser humano de verdade e esse é o ponto de Ser humano é… Declaração Univ. dos D. Humanos para crianças, que pela belíssimas ilustrações de Fábio Sgroi, conduz o leitor a conhecer seus deveres e direitos como cidadão e a transformar uma triste realidade em esperança de uma vida digna para todos.

Afinal, Igual ou diferente, depende do olhar da gente. Essa é a premissa do livro de mesmo nome, que narra como é o dia a dia de uma escola na floresta, que tem alunos de todos os tamanhos, pelos e plumagens. Uns mais pescoçudos como é o caso da ema; outros, narigudos, como o tamanduá; e até um visitante estrangeiro, o elefante. Livros como esse ajudam a encorajar as crianças a aceitarem outras pessoas, independentemente de seu gênero, raça ou orientação, por meio de imagens e linguagem simples com a qual possam se identificar. Ou seja, ler histórias para crianças e adolescentes é sempre um ensinamento de alteridade que vale a pena investir. 

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários

Deixe uma Resposta

XHTML: Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

CONTINUE LENDO


Crianças Jovens

Dia 25 de Junho se comemora o Dia do Imigrante. Saiba mais!

O Dia do Imigrante surgiu a partir do decreto nº 30.128 realizado em 14 de junho de 1957. A data,...
Leia mais
Atividades Jovens

Pega a visão! Cabeças pensantes, revolução em curso!

Pega a visão e se liga que o presente é coisa do passado! Um monte de histórias inspiradas em outras...
Leia mais
Atividades Crianças

Brincalelê! Somos gotinhas de um mesmo oceano!

Brincalelê! Nossa família inventadeira de histórias. Histórias que viram brincadeiras, brincadeiras que viram histórias, com dicas de Penélope Martins Somos...
Leia mais
Crianças

Conheça a brilhante história de Frida Kahlo

Com certeza você já ouviu falar no nome Frida Kahlo, mas se ainda não conhece de fato a brilhante história...
Leia mais
1 2 3 24