Livros para aumentar a autoestima de crianças e adolescentes

“Muitas crianças ou adolescentes se sentem menos do que realmente são em diversos campos de suas vidas”. Você que está lendo isso pode ter alguém específico na sua cabeça, mas também se refere a muitas pessoas que conhecemos – menino ou menina, até mesmo adultos. É preciso uma injeção de amor próprio para enxergar seu poder interno e silenciar pensamentos negativos. É preciso uma pilha de livros para aumentar a autoestima na ponta dos dedos.

CONFIRA TAMBÉM: Trabalhe a inteligência emocional do seu filho com a literatura

Pode parecer balela, mas as fábulas de autoestima certas são capazes de alcançar e se conectar com essa criança ou adolescente e depois mudarão seu pensamento. Livros escritos com palavras poderosas criam raízes que poderão recorrer de novo e de novo, mesmo depois de crescidas, sempre que necessário. Pois, a mensagem certa chega e muda a vida dos leitores.

Dicas de livros para aumentar a autoestima

Aqui estão alguns livros para aumentar a autoestima, que achamos serem capazes de mudar a perspectiva dos jovens leitores. Em seus diversos enredos e pontos focais, todos são importantes:

Que cabelo é esse, Bela? (indicado para crianças de 8 – 10)

No pátio da vila, era uma bagunça sem fim toda vez que chovia. Bela e seus amigos adoravam brincar com a água que caía do céu, principalmente depois de descobrirem que o cabelo dela brilhava. Era um poder mágico que só ela tinha – ela era a menina do cabelo de brilho da chuva! Só que algumas pessoas zombavam dela, e Bela acabou se entristecendo. Por que não podia ser quem era? Sua mãe então lhe conta a origem de seu poder mágico, que nasceu com sua tataravó, uma mulher escravizada. E agora Bela tem a escolha de renunciar ou não a esse poder. Por que ler? Por que esta é uma história infantil sobre confiança, encantadora e potente que fala, de uma maneira singela, sobre quebrar preconceitos e padrões de beleza, descobrir o poder da ancestralidade e afirmar-se enquanto indivíduo consciente. 

Eu no espelho (indicado para crianças de 10 – 12)

Nesta dica de livros para aumentar a autoestima, conhecemos Sara, que tem sérios problemas com sua autoestima. Ela vive sendo perseguida na escola, sofrendo com comentários maldosos de dois colegas encrenqueiros. Um dia, as coisas ultrapassam os limites e providências mais sérias precisam ser tomadas. Depois desse episódio, e com a ajuda de amigos, Sara aprende muitas coisas com toda essa situação. Neste livro, as autoras tratam do grave e urgente tema do bullying na adolescência, por meio de uma história e de um roteiro de perguntas ao final para aprofundar o tema.

Pink & Blue Punks (indicado para crianças de 11 – 13)

Tom é um menino insatisfeito com a sua aparência. Com isso, faz inúmeros questionamentos sobre o motivo pelo qual todos se parecem, usam os mesmos cabelos ou as roupas parecidas. A partir daí o menino tem uma ideia: tingir o cabelo com uma cor diferente. Essa interessante história narrada em inglês, mostra ao leitor como a mudança e a diferença podem gerar surpresas bastante agradáveis e inusitadas.

Mil pássaros de papel (indicado para crianças de 12 – 14)

Livros para aumentar a autoestima não precisam falar apenas de mensagens de aceitação de si mesmo, há uma gama de sentimentos que podem ser abordados e fortalecem os jovens, como o poder da amizade. Em Mil pássaros de papel o leitor fica próximo de Letícia, que passou por um baita susto – imagine ter um quase infarto antes dos 20 anos de idade? –, e de Makoto, que passou por outro tipo de situação… a da perda, e a tristeza que invadiu seu coração está ameaçando dominar seu corpo inteiro. Juntos, esses dois amigos vão descobrir o que significa viver, crescer e vencer os problemas que a vida apresenta, um passo de cada vez.

Há sempre um sol (indicado para crianças de 13 – 15)

A partir de dois contos, a autora Giselda Laporta Nicolelis convida o leitor a adentrar em um assunto delicado e, às vezes, um tanto polêmico, mas que continua sendo tão necessário em nossas vidas: a saúde mental dos adolescentes. Em um texto literário e repleto de sensibilidade, ela explora as dificuldades encontradas pelos jovens protagonistas, bem como as oportunidades que ambos encontram para transpor suas dificuldades pessoais. Histórias emocionantes e cheias de esperança.

Por que livros para aumentar a autoestima? 

As mentes das crianças são impressionáveis e uma vez que perdem a confiança, pode ser um processo lento para recuperá-la. Os livros são um bloco de construção útil que oferece tranquilidade, ajuda prática e companheirismo. 

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários

Deixe uma Resposta

XHTML: Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

CONTINUE LENDO


Crianças Jovens

Dia 25 de Junho se comemora o Dia do Imigrante. Saiba mais!

O Dia do Imigrante surgiu a partir do decreto nº 30.128 realizado em 14 de junho de 1957. A data,...
Leia mais
Atividades Jovens

Pega a visão! Cabeças pensantes, revolução em curso!

Pega a visão e se liga que o presente é coisa do passado! Um monte de histórias inspiradas em outras...
Leia mais
Atividades Crianças

Brincalelê! Somos gotinhas de um mesmo oceano!

Brincalelê! Nossa família inventadeira de histórias. Histórias que viram brincadeiras, brincadeiras que viram histórias, com dicas de Penélope Martins Somos...
Leia mais
Crianças

Conheça a brilhante história de Frida Kahlo

Com certeza você já ouviu falar no nome Frida Kahlo, mas se ainda não conhece de fato a brilhante história...
Leia mais
1 2 3 24