Mês da mulher: conheça alguns livros para meninas empoderadas

Crescer é difícil. Quando se é uma menina então, constantemente impactada por imagens que lhe dizem o que deve ser, a coisa fica ainda mais complicada. Muitas dessas imagens mostram o gênero feminino em papéis muito específicos e limitados ao lar. Mudar esse panorama e fortalecer as garotas é uma tarefa que a literatura pode pegar para si. Por isso, neste mês da mulher, queremos indicar alguns livros para meninas empoderadas.

Em diversos enredos, esses livros sobre mulheres fortes ou que vão descobrindo a sua força, encorajam as meninas  a serem todas as coisas maravilhosas que querem e podem ser. Afinal, quanto mais papéis diversificados essas leitoras tiverem contato, mais serão capazes de considerar o mundo de possibilidades para si mesmas. 

Vamos conhecê-los?

Livros para meninas empoderadas:

Pollyanna Moça – Pollyanna Grows Up (12 – 14 anos)

Para alguns, encontrar Pollyanna Moça entre uma lista de livros para meninas empoderadas pode soar estranho, já que se trata de uma obra de 1915. Acontece que a encantadora personagem, agora jovem, além de cheia de doçura, sonhos e pensamentos positivos, é um exemplo de força. Com o jogo do contente, ela nunca desiste e sempre acredita no melhor das pessoas. Nessa edição bilíngue, a autora Telma Guimarães nos traz uma adaptação primorosa da continuação desse emocionante clássico da literatura universal juvenil. 

Eu no espelho (10 – 12 anos)

Em Eu no espelho, Sara não está feliz. Adivinha o porquê? Com sérios problemas com sua autoestima, ela vive sendo perseguida na escola, sofrendo com comentários maldosos de colegas encrenqueiros. Um dia, as coisas ultrapassam os limites e providências mais sérias precisam ser tomadas. A obra entra aqui como um livro de empoderamento feminino, pois depois desse episódio, e com a ajuda de amigos, Sara aprende muitas coisas com toda essa situação. 

Procurando mais livros para indicar aos seus filhos? Dê uma olhada nesta lista de livros que servem como ponto de partida para abordar questões sociais.

Maria Mudança (8 – 10 anos)

Maria percebeu, de repente, que as coisas nem sempre precisavam ser do mesmo jeito e que mudar de vez em quando pode trazer efeitos fantásticos para o nosso dia a dia. Maria Mudança apresenta de modo bastante criativo o cotidiano de Maria e suas tentativas (às vezes malucas) de mudar as coisas para melhor. Uma reflexão sobre mudança, respeito às diferenças e de perseverança são as principais mensagens deste livro, que dialoga com o leitor de um jeito novo e muito bacana. 

Amanda no País do Isolamento (7 – 9 anos)

Entre os livros para meninas empoderadas, Amanda no País do Isolamento é especialmente atual. Amanda é curiosa e gosta de descobrir coisas novas. Basta um novo assunto aparecer, que ela já está pesquisando e desbravando conhecimentos. Mas, quem poderia prever que a humanidade enfrentaria uma pandemia? Em isolamento, ela irá descobrir um novo jeito de ir à escola sem sair de casa e de curtir os amigos à distância. Além, é claro, de ajudar a esclarecer várias dúvidas sobre o vírus, a importância da ciência, das vacinas e do respeito!

Uma Semana Inesquecível (7 – 9 anos)

A Semana de Arte Moderna de 1922 influenciou enormemente o pensamento nacional, a cultura e a forma de fazer arte no Brasil. Mesmo 100 anos depois, a revolução que teve início naquela semana continua sendo relevante nos dias de hoje. Neste livro, as autoras Mércia e Neide recuperam algumas das personalidades e dos momentos que fizeram dessa, uma  Uma Semana Inesquecível. O que inclui personalidades como Anita Malfatti e Tarsila do Amaral. Para inspirar a todas!

Que cabelo é esse, Bela? (7 – 9 anos)

Em Que cabelo é esse, Bela? conhecemos a personagem Bela e seus amigos, que adoravam brincar com a água que caía do céu, principalmente depois de descobrirem que o cabelo dela brilhava. Era um poder mágico que só ela tinha – a menina do cabelo de brilho da chuva! Só que algumas pessoas zombavam dela, e Bela acabou se entristecendo. Por que não podia ser quem era? Sua mãe então lhe conta a origem de seu poder mágico, que nasceu com sua tataravó, uma mulher escravizada. E agora Bela tem a escolha de renunciar ou não a esse poder. Esta é uma narrativa exemplo entre os livros para meninas empoderadas, encantadora e potente que fala, de uma maneira singela, sobre quebrar preconceitos e padrões de beleza, descobrir o poder da ancestralidade e afirmar-se enquanto indivíduo consciente. 

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários

Deixe uma Resposta

XHTML: Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

CONTINUE LENDO


Crianças Jovens

Dia 25 de Junho se comemora o Dia do Imigrante. Saiba mais!

O Dia do Imigrante surgiu a partir do decreto nº 30.128 realizado em 14 de junho de 1957. A data,...
Leia mais
Atividades Jovens

Pega a visão! Cabeças pensantes, revolução em curso!

Pega a visão e se liga que o presente é coisa do passado! Um monte de histórias inspiradas em outras...
Leia mais
Atividades Crianças

Brincalelê! Somos gotinhas de um mesmo oceano!

Brincalelê! Nossa família inventadeira de histórias. Histórias que viram brincadeiras, brincadeiras que viram histórias, com dicas de Penélope Martins Somos...
Leia mais
Crianças

Conheça a brilhante história de Frida Kahlo

Com certeza você já ouviu falar no nome Frida Kahlo, mas se ainda não conhece de fato a brilhante história...
Leia mais
1 2 3 24