Por que Pollyanna segue como um clássico da literatura?

Escrito pela norte-americana Eleanor H. Porter e publicado em 1913, Pollyanna é um livro considerado clássico da literatura infanto-juvenil. Para se ter uma ideia de suas proporções, Pollyanna Whittier, a heroína título da obra original e da continuação Pollyanna Moça (1915), passou a simbolizar felicidade e pureza, tornando-se até um verbete para se referir às pessoas extremamente otimistas.

LEIA TAMBÉM: Quais os benefícios de ler em voz alta?

Do que se tratam os livros de Pollyanna?

Para quem não conhece a história desse clássico da literatura, em resumo, Pollyanna é uma heroína que teve uma vida difícil. Sua mãe morreu quando ela era jovem e a pobreza sempre foi uma questão limitante para ela. Aos 11 anos, seu pai também morre e  Pollyanna é enviada para morar com sua tia, uma mulher fechada e sem humor, que deseja cumprir seu dever com a sobrinha e nada mais. 

Ela relega Pollyanna a um sótão melancólico e espera que ela não atrapalhe muito sua rotina doméstica tranquila. Acontece que a menina tem uma luz que influencia a todos e enfrenta essas dificuldades usando um presente que seu pai lhe deu anos antes: o “jogo do contente”.

O que torna a obra um clássico da literatura?

Publicado pouco antes do início da Primeira Guerra Mundial, a obra pode soar antiquada nos dias de hoje, mas ainda encanta os leitores e  é considerada um clássico da literatura porque tem muitas boas lições para ensinar. Com sua disposição doce e perspectiva positiva, Pollyanna muda a vida de todos os adultos em sua vida e pode ser um exemplo de livros sobre mulheres fortes, à sua maneira e tempo. 

Para começar, Porter retratou a importância de uma criança na vida dos adultos. A mocinha consegue melhorar a vida das pessoas ao seu redor só sendo quem é, ou seja, uma criança alegre. A mensagem é: precisamos sentar e ouvir a magia da infância e não tratar as crianças como incapazes.

Além disso, sua filosofia gentil ainda pode inspirar as crianças e jovens a se posicionarem no mundo. Pollyanna é extremamente otimista, mas também é uma garota corajosa e engenhosa, que do primeiro para o segundo livro cresce muito e não só fisicamente. Sua perspectiva positiva é conquistada e transformadora tanto para os personagens do livro quanto, potencialmente, para os leitores. 

Que tal jogar o jogo do contente ai na sua casa? 

Na loja virtual da Editora do Brasil você encontra Pollyanna e Pollyanna Moça em edições bilíngues com adaptação de Telma Guimarães!

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários

Deixe uma Resposta

XHTML: Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

CONTINUE LENDO


Crianças Jovens

O que é o Livríssimo, portal de literatura da Editora do Brasil?

Se você está aqui no Livríssimo, das duas uma: ou já é um leitor assíduo das nossas dicas de leitura...
Leia mais
Jovens

Como escolher um livro para o seu filho adolescente?

Como escolher um livro para adolescentes pode ser mais simples depois de conferir nossas dicas de como aproveitar o mundo da literatura.
Leia mais
Crianças Jovens

Largue o dicionário e leia: aumento de vocabulário está entre benefícios da leitura

Ninguém precisa decorar um dicionário para isso o aumento de vocabulário, pois este item está entre os benefícios da leitura.
Leia mais
Crianças Jovens

Livros e histórias para o Dia das Mães que você precisa conhecer

Histórias com amor, carinho e muito aprendizado é o que você irá conhecer com as nossas sugestão de histórias para o Dia das Mães.
Leia mais
1 2 3 20