Quais são os mitos da adolescência e como desmistificá-los?

A transição da fase infantil para a adulta é cercada de modificações sensoriais, psíquicas, físicas e biológicas naturais e necessárias, assim como de crenças incertas impostas há gerações, que atrapalham o entendimento dos pais e afetam diretamente suas relações com os filhos. 

Vamos esclarecer quais são os mitos da adolescência e como desmistificá-los pode contribuir para uma conexão saudável entre a família?

Mitos da adolescência

Como é a fase de transição?

A idealização da fase rebelde é construída muito antes da criança nascer, os pais acompanham o crescimento do filho já se preparando para enfrentá-la, mas não se deve encarar esse momento como uma batalha. Pelo contrário, deve se vivenciar como um período de compreensão, companheirismo, empatia e amizade.

No momento da infância, os pais possuem o controle total sobre a criança, o que vestem, o que comem, com o que brincam, com quem estão e onde vão, o que é completamente desfigurado na adolescência.

Quando os jovens passam a ter suas próprias escolhas, gostos, opiniões e posicionamentos, os pais se assustam e passam a ficar no modo defensivo e reativo à nova realidade, o que acaba gerando uma barreira entre a família. 

A nova imagem que é construída em cima do jovem é que ele é egoísta, individualista, egocêntrico e preguiçoso, mas na verdade é apenas uma maneira que usa para descobrir novas sensações, experiências, com muita curiosidade e energia para conhecer e explorar a nova visão que passa a ter da vida, na busca de fazer parte de algum espaço e se sentir pertencente e útil em sua individualidade.

Onde entram os hormônios?

Todas as conclusões sobre os jovens são resumidas nas mudanças hormonais que se intensificam nessa fase, mas essa condição não é a resposta para todos os novos comportamentos, sendo mais um dos mitos da adolescência que deve ser ressignificado. 

As novas formas comportamentais, além dos hormônios, são consequências da formação de novos circuitos neuronais no cérebro, que exclui neurônios que não são mais úteis e ativam outros, intensificando as reações. Mas nem só de hormônios é formado o adolescente, por isso, um entendimento amplo dessa fase pode melhorar os laços da família.

Na adolescência os pais precisam permitir que o jovem tenha mais horas de sono, que se alimente mais…Também é necessário que proporcionem mais liberdade, mas sempre conversando e alertando sobre riscos e cuidados.

É preciso apoiar em atividades físicas para gastarem energia, incentivar os estudos, escutar suas opiniões, apoiar suas escolhas, sempre orientando com uma visão madura, mas nunca esquecendo de ouví-los. 

A presença constante dos pais nessa fase turbulenta de escolhas, identificação pessoal e ressignificação de sua existência, com certeza irá construir uma relação de confiança, companheirismo e união entre a família, para que passem por esse momento com empatia. 

A importância de ler em família

Uma das formas de fortalecer os vínculos familiares com o filho adolescente é por meio da literatura. A educação precisa fazer parte do incentivo diário dos pais aos filhos e é muito importante nessa fase também.

Por isso, ler em família, motivar seus jovens a se interessarem pela leitura, presenteá-los com livros e passarem momentos juntos conversando sobre histórias e pensando em novas para explorarem, irá proporcionar muitos benefícios, inclusive momentos de reconexão.

Aproveitando essa dica essencial, confira em nossa loja virtual uma lista de livros primordiais e especiais aos adolescentes, que irão ajudá-los na busca de se identificarem e descobrirem novas possibilidades por meio de histórias encantadoras e reflexivas. 

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários

Deixe uma Resposta

XHTML: Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

CONTINUE LENDO


Crianças Jovens

A importância de barrar estereótipos que distorcem a primeira impressão

A nossa percepção de mundo é formada por conclusões de situações que já vivemos, aprendemos e repetimos a cada novo...
Leia mais
Autores Crianças

Telma Guimarães: autora infantil há 35 anos encanta com suas histórias 

Telma Guimarães, que foi uma criança extrovertida e inundava as aulas de Português e Desenho com sua imaginação e criatividade...
Leia mais
Crianças

A importância do pai no desenvolvimento infantil: benefícios de criar conexão

A dádiva de ser pai é poder participar do desenvolvimento de uma criança desde a sua formação na gestação até...
Leia mais
Atividades

Pega a visão! Exploradores do mundo e o fantástico viajante da vida cotidiana

Pega a visão! Lendo o mundo nas entrelinhas. Se liga que o presente é coisa do passado! Um monte de...
Leia mais
1 2 3 27